animalización (rabos, colas y otros casos)

Fichas de refranes

Mostrando 1 - 20 de 116 (página 1 de 6)
Texto Lengua o variedadordenar ascendente

Aprile fa come la gatta de San Giovanni, che ride e che piange

romanesco
Quand le renâ corr amon la Coûta, lo matin, [/] Lo vîpre, on a le niolâ, la pieudze et lo pouè tin francoprovenzal de Suiza (la Suiza romanda)
Quand la lena roze quemêcet è lion, [/] Le foe-rnà toezoe ê moeuton francoprovenzal de Francia
Bora [/] tre dì dura; [/] se le va di troto [/] la dura più de oto véneto

L'inverno se non 'l morsega coi denti, el dà co la coa

véneto
O del cao o de la coa [/] l'inverno vol far la soa véneto

San Marcu è lu lupu di la campagna

siciliano

Ddiu nni scanza di cuda di marzu e di testa di aprile

siciliano
Lu misi di jinnaru è comu lu culu di li picciriddi siciliano
La serp da Malögia porta plövgia romanche (retorrománico de Suiza)
Scha la futschöla passa la val Saluver, as müda l'ora romanche (retorrománico de Suiza)
Março, marçagão, de manhã cara de cão, ao meio-dia de rainha e à noite de fuinha portugués
Março, marcegão, [/] Pela manhã dia bonito, [/] À tarde um bom borregão portugués
Março, marcegão, pela manhã rosto de cão e à tarde bom Verão portugués
Fevereiro enxuto rói mais pão do que quantos ratos há no mundo portugués
Uma boa ribeirada está no rabo da trovoada portugués
Março, marcegão, [/] De manhã cara de siso [/] À noite cara de cão portugués
Céu escamado, vendaval ao rabo portugués
Março, marcegão, [/] Pela manhã cara de gato [/] À noite cara de cão portugués
Se Março dá de rabo, nem fica ovelha parida, nem pastor açamarrado portugués

Páginas